Detran divulga calendário de pagamento de IPVA final 7

Print Friendly and PDF

20130505123409_610x610Com o pagamento escalonado ao longo do ano, o mês de maio será a vez dos proprietários dos 96,231 mil veículos, que possuem a placa final 7, efetuarem o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2013. A data limite de vencimento do IPVA será o dia 31 de maio tanto para quem optar pelo pagamento em cota única com 10% de desconto ou que preferir o parcelamento em três vezes, sendo a primeira delas já em maio.

Já os meses de junho, julho e agosto serão a vez dos proprietários dos veículos com placas finais de 8 ao zero efetuarem o pagamento, respectivamente  (veja o quadro com a tabela).

Para evitar transtornos de atraso do recebimento dos boletos do IPVA, via Correios, o proprietário do veículo pode imprimir o boleto pela internet no portal do DETRAN-PB. Basta informar o número completo da placa no endereço http://www.detran.pb.gov.br/index.php/atendimento-on-line/ipva.

Outra opção e alternativa para impressão do boleto é se deslocar para os postos de atendimento do DETRAN-PB na capital, nos Centros de Cidadania e as unidades do CIRETRAN no interior do Estado. Lá, o contribuinte pode solicitar a impressão do seu boleto para efetuar o pagamento nas unidades da rede Pag Fácil ou nas agências do Banco do Brasil.

O procedimento é obrigatório para todos os proprietários e pode ser feito pela internet (nos sites dos bancos conveniados), no caixa eletrônico ou pelo atendimento telefônico das instituições. Também é possível fazê-lo pessoalmente na Ciretran do município onde o veículo está registrado

Segundo o secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, poucos estados no país dividem o pagamento do IPVA ao longo de oito meses do ano, como é o caso do Estado da Paraíba. “O calendário de pagamento segue uma sequência cronológica partindo do último número da placa do veículo. Começa em janeiro com duas placas com finais 1 e 2, segue em fevereiro com mais duas placas com finais 3 e 4. Em março, o calendário é a vez da placa final 5 e, até setembro, último mês do calendário, será a vez da placa final 0 (zero) para o vencimento. Outro benefício importante é o desconto de 10% no pagamento da cota única à vista. Além de boa parte dos estados concentrarem o pagamento do tributo nos três primeiros meses do ano, outros costumam reduzir o índice de desconto que fica às vezes abaixo de 10%”, detalhou o secretário.

Estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) este ano mostra que a Paraíba registrou o menor valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos e Automotores (IPVA) por veículo da frota em 2012. O valor médio pago do IPVA pelo contribuinte do Estado ficou em R$ 188,05, o menor entre todas as unidades da Federação. No país, a média é de 355,86, enquanto no Estado de São Paulo registra o maior custo para o contribuinte (R$ 490,54).

O estudo do IBPT mostra ainda que até estados com economias menores que a paraibana têm valores médios do IPVA por veículo bem mais alto. É o caso de Alagoas que possui valor médio do tributo por veículo de R$ 290,89, o 10º mais caro do país. Na comparação com a Paraíba, o IPVA por veículo em Alagoas apresenta uma diferença de até 54% maior do que a média paraibana. Para o secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, o estudo do IBPT comprova que o IPVA do Estado pesa menos no bolso do contribuinte paraibano do que nos demais estados da federação. “Além de pagamento escalonado durante o ano, de acordo com o final da placa, o Governo da Paraíba concede um desconto de 10% no pagamento da Cota Única. O benefício é uma opção para os proprietários de veículos que buscam economizar no pagamento do tributo”, reforçou.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário

*
newline - banner lateral sidebar 300x250 02